ievca

ievca

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Para onde apontamos nossas flechas

 “Como flechas na mão de um homem poderoso, assim são os filhos da mocidade.” Salmos 127:4

Na Bíblia encontramos diversas orientações sobre a responsabilidade dos pais para com a criação dos filhos em conformidade com a Palavra de Deus: “Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele.” Provérbios 22:6

Porém, o que vemos são cada vez mais jovens, adolescentes e crianças desajustados e muito longe do plano de Deus para suas vidas. Você já parou para pensar no futuro espiritual do seu filho? Sei que a maioria das respostas é não. Mas sei também que muitos almejam grandes profissões para seus filhos, bons casamentos, etc, e esquecem-se de entregá-los em oração e orientá-los na Palavra, para que sejam bem sucedidos primeiramente em sua vida espiritual.

Veja se não acontece assim... Quantas pessoas você conhece (quem sabe até você) que já bateu ou colocou os filhos de castigo por estar mal na escola? Conhecemos várias. Mas quantas pessoas você conhece que colocou o filho de castigo porque não estava orando ou lendo a Bíblia? Acho que não é tão comum encontrar pais assim. Sabe por que isso acontece?

Na verdade a preocupação é se nosso filho está estudando diligentemente para ser um médico bem sucedido, e não um missionário. Afinal de contas, quem quer um filho ganhando pouco dinheiro, morando distante, e muitas vezes passando privações? A maioria pensa: Não, não é isso o que eu sonhei para o meu filhinho. E os sonhos de Deus onde ficam? E tudo o que o Senhor planejou para o meu filho? Será que eu realmente me importo? Será que Deus quer meu filho no Campo missionário ao invés de um consultório médico? Pense nisso!

Vivemos tempos maus, e precisamos mudar nossa postura começando de nossa casa com nossos filhos. Precisamos olhar espiritualmente e entregar nosso tesouro (filhos) nas mãos de Deus, para que façam tão somente a Sua Vontade e tenham vitórias vindas do Senhor dos Senhores. Que Jesus se compadeça de nós, homens e mulheres fracos e falhos, e nos dê de sua força e ousadia para sermos impelidos a agir em conformidade com sua Palavra.

Em Cristo,
Taciana Veras
Líder de Adolescentes na IEVCA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Menu